Dicas - La Gracia

A primeira impressão é a que fica? Tomara que não!

Posted by | Dicas, Mídia, Variedades | Sem comentários

iStock-499461562O candidato passou por todas as etapas, com grande destaque: entrevista com o RH, dinâmica, entrevista com o supervisor direto, painel… Durante todo o processo deu respostas inteligentes, mostrou-se resiliente nos momentos de maior dificuldade e apresentou proatividade na resolução de problemas. Todos finalmente estavam de acordo, “encontramos!”.

Matéria publicada originalmente no Blog da Robert Half por Luiz Grecov. Para ler o texto completo, clique aqui.

atitudes do atendimento

5 atitudes de um atendimento gracioso

Posted by | Dicas, Projetos | Um comentário

Esse conteúdo é fruto de mais de 8 anos de experimentação no atendimento de projetos da área de comunicação.

Milhares de anúncios de vagas sinalizam por aí que para ser um bom atendimento você precisa:
• entender o cliente
• sentir prazer em servir
• ser simpático
• ser claro
• ser objetivo

Mas o que acontece quando um cliente liga para uma empresa pedindo um orçamento e, ao invés do profissional de atendimento simplesmente responder, ele começa a questionar?

Por que você quer esse serviço? Por que você acha que essa solução vai resolver? O que seu público tem a ver com isso?

Tantas perguntas podem causar um certo desconforto no cliente e até mesmo fazer ele desistir do serviço. Mas quando ele topa responder, a mágica acontece. É como parar de tomar um monte de remédios caros e passar a olhar para a causa raiz. O resultado? Menos gastos e uma solução que realmente funciona.

Mas engajar o cliente nesse caminho não é algo fácil.
O atendimento precisa somar algumas atitudes:

Veja mais

Uma verdade conveniente

Posted by | Dicas, Mídia, Variedades | Sem comentários

iStock-625736338Há pouco mais de 10 anos foi lançado o documentário “Uma verdade inconveniente”, apresentado pelo ex-vice-presidente dos Estados Unidos, Al Gore. Nesse período, se sustentabilidade já era uma causa abraçada por muitos, o filme a trouxe para o centro dos holofotes. No campo político, as discussões eram (e são até hoje) tão quentes quanto o aquecimento decorrente da emissão de gases poluentes, principalmente pelas grandes indústrias. Já no campo econômico e mercadológico, essas mesmas empresas enxergaram aí uma oportunidade de se promover.

Matéria publicada originalmente no Blog da Robert Half por Luiz Grecov. Para ler o texto completo, clique aqui.

Gestores extraordinários ou puramente humanos?

Posted by | Dicas, Mídia, Variedades | Sem comentários

1

Nos EUA, uma programadora envia um e-mail para seus colegas de trabalho informando que tiraria dois dias de folga para cuidar de sua saúde mental.

Aqui no Brasil, uma funcionária de um hotel envia também um e-mail para sua gerente, pedindo para não trabalhar no período das 21h30 às 23h30 durante nove domingos. O motivo? Ela queria assistir a nova temporada do seriado Game of Thrones.

Em comum entre essas duas histórias, mais do que um pedido de folga, a resposta dos gestores. No primeiro caso, o próprio CEO da empresa, Ben Congleton, respondeu à mensagem. De modo surpreendente, ele agradeceu sua colaboradora por lembrá-lo da importância de cuidarmos de nossa saúde mental. Mais do que isso, disse-lhe “você é um exemplo para todos nós, e ajuda a romper o estigma para todos nós estarmos 100% para trabalhar”.

Matéria publicada originalmente no Blog da Robert Half por Luiz Grecov. Para ler o texto completo, clique aqui.

Treinamentos horizontais para tempos horizontais

Posted by | Dicas, Mídia, Variedades | Sem comentários

treinamento

Diante de tantas crises, política, financeira e institucional, do ano passado para cá, não foram poucas as empresas – grandes e pequenas – que passaram por situações como demissões, corte de custos, cancelamento de projetos, enxugamento de operações…

Apesar, ou até mesmo por causa disso, o investimento em treinamento e desenvolvimento cresceu.  Um estudo realizado pela ABTD (Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento)*, com coordenação e análise da Integração Escola de Negócios, aponta crescimento de 24% no valor investido por colaborador.

Matéria publicada originalmente no Blog da Robert Half por Luiz Grecov. Para ler o texto completo, clique aqui.