Gestores extraordinários ou puramente humanos

Posted by | julho 25, 2017 | Dicas, Mídia, Variedades | No Comments

1

Nos EUA, uma programadora envia um e-mail para seus colegas de trabalho informando que tiraria dois dias de folga para cuidar de sua saúde mental.

Aqui no Brasil, uma funcionária de um hotel envia também um e-mail para sua gerente, pedindo para não trabalhar no período das 21h30 às 23h30 durante nove domingos. O motivo? Ela queria assistir a nova temporada do seriado Game of Thrones.

Em comum entre essas duas histórias, mais do que um pedido de folga, a resposta dos gestores. No primeiro caso, o próprio CEO da empresa, Ben Congleton, respondeu à mensagem. De modo surpreendente, ele agradeceu sua colaboradora por lembrá-lo da importância de cuidarmos de nossa saúde mental. Mais do que isso, disse-lhe “você é um exemplo para todos nós, e ajuda a romper o estigma para todos nós estarmos 100% para trabalhar”.

Matéria publicada originalmente no Blog da Robert Half por Luiz Grecov. Para ler o texto completo, clique aqui.

Deixe um comentário

Seu email não será publicado. Campo obrigatório.