fbpx

La Gracia Humaniza

conteúdo

Como elaborar um treinamento eficiente para os colaboradores?

Luiz Grecov
@luizgrecov

Matéria publicada originalmente em ANotícia Joyce Baena, Sócia e fundadora da La Gracia, consultoria de comunicação corporativa Oferecer oportunidades de capacitação para os colaboradores não é só estratégico para uma empresa, que se fortalece na busca por seus objetivos, é também um recurso poderoso e cada vez mais necessário para reter talentos. Porém, com a agilidade […]

Matéria publicada originalmente em ANotícia

Joyce Baena,

Sócia e fundadora da La Gracia, consultoria de comunicação corporativa

Oferecer oportunidades de capacitação para os colaboradores não é só estratégico para uma empresa, que se fortalece na busca por seus objetivos, é também um recurso poderoso e cada vez mais necessário para reter talentos.

Porém, com a agilidade com que o mercado vem sofrendo mudanças e a necessidade de produzir resultados rapidamente, “acertar na mão” não é tão simples assim.
Treinamentos mal avaliados, falta de engajamento e baixa procura são alguns dos problemas enfrentados pelos recrutadores.

De que forma, então, elaborar um treinamento eficiente? O desafio já começa na escolha do tema. Antes de qualquer decisão, é necessário levantar informações e dividi-las com o fornecedor que vai oferecer o treinamento: perfis e necessidades dos colaboradores, bem como suas expectativas.

Esse levantamento pode ser feito por meio de uma pesquisa geral ou até mesmo conversas individuais dos gestores com seus colaboradores. Nesse último caso, não só para entender o que eles esperam, mas também para deixar claro o que a empresa espera deles.

Quando um colaborador entende claramente suas deficiências e o que precisa ser melhorado, além de conseguir perceber que a organização está investindo em sua melhoria, o engajamento é consequência.

Elaborar um treinamento eficiente demanda também atenção a algumas particularidades da educação para adultos, como conteúdo conciso, com o objetivo claro a ser cumprido; exercícios que tragam a realidade dos participantes para dentro da sala; e interatividade, pois muitos adultos gostam de se sentir parte do processo e expor o seu ponto de vista.

 

Humanize as
apresentações, as
relações e o aprendizado
na sua empresa.

Fale com a gente

Veja também

Qual a diferença entre promover experiência e expor conteúdo?

Promover experiência é a constante resposta, presente nos 12 anos em que venho experimetando as várias formas de ensinar. Cada vez mais, vou me tornando uma defensora das metodologias que colocam o aluno como centro do aprendizado. O contrário disso é o que o educador Paulo Freire chamava de Educação Bancária: aquele tipo de educação que coloca […]

Ler mais

A La Gracia ainda faz apresentações?

Em 2009, nós começamos a fazer apresentações para o mundo corporativo e durante muito tempo nós fizemos isso! E ficamos conhecidos por isso! Quando paramos para ver e relembrar cada projeto, dá um orgulho danado. No mesmo ano, começamos a ensinar tudo o que estávamos aprendendo ao lançar o primeiro Curso de Design de Apresentações […]

Ler mais

Você pode abrir a câmera, por favor?

A fotógrafa Ilana Bessler dá dicas sobre enquadramento, iluminação e construção de imagem para todas as lives, reuniões online e videoconferências que se intensificaram no nosso cotidiano.

Ler mais

Como provocar um líder diretivo a se tornar mais empático e construtivo?

Eu poderia começar esse artigo dando uma resposta simples: use as necessidades do líder como ponto de partida para a transformação. Mas, como colocar isso em prática?

Ler mais

La Gracia News de abril: quando a vida pessoal e profissional se misturam

Com nossa vida pessoal mais misturada do que nunca com a rotina profissional, como ficam nossas relações, nossa comunicação e, mais ainda, nosso estado de espírito?

Ler mais