fbpx

La Gracia Humaniza

conteúdo

Compreensão, novidade em nossos cursos

Luiz Grecov
@luizgrecov

Quantas vezes você assiste uma apresentação, ri, chora, se emociona, mas quando alguém te pergunta sobre o assunto você, simplesmente, não sabe explicar? Não há dúvidas que comunicar-se é habilidade fundamental de sobrevivência no mundo corporativo. Quantas vezes as falhas nessa habilidade causam problemas, desentendimentos, perdas de negócios e até demissões? Em diversas situações, a […]

Quantas vezes você assiste uma apresentação, ri, chora, se emociona, mas quando alguém te pergunta sobre o assunto você, simplesmente, não sabe explicar?

Não há dúvidas que comunicar-se é habilidade fundamental de sobrevivência no mundo corporativo. Quantas vezes as falhas nessa habilidade causam problemas, desentendimentos, perdas de negócios e até demissões?

Em diversas situações, a comunicação tem como objetivos: orientar, explicar e apresentar novos conceitos, ideias, métodos e procedimentos. Para essas ações não basta somente dominar o idioma, ter carisma, falar bem, conhecer o assunto ou criar slides bonitos e funcionais. Além dessas habilidades, é preciso conhecer e usar técnicas que facilitam a percepção, compreensão e retenção do conteúdo.

Vamos supor que você tenha que apresentar um novo projeto de golfe. O que irá definir o conteúdo da sua apresentação? O que você sabe sobre o assunto ou o que a sua audiência sabe?

Você se pergunta: eles sabem a diferença entre tacos driverwood ou híbridos? Sabem o que é uma jogada albatroz ou o que é approach?

A ligação entre uma informação que precisa ser comunicada e o que as pessoas já conhecem daquilo é o que damos o nome: “SIGNIFICADO”. Conceito fundamental para as comunicações e para a aprendizagem, ele está mais presente em nossas vidas do que imaginamos.

Você pode falar horas sobre um assunto, mas o público só vai entender o que você diz se a sua informação estiver, de alguma forma, relacionada à realidade que eles vivem.

Se eles não entendem nada de golfe, antes de apresentar suas ações será necessário fazer um conteúdo muito mais completo, didático e explicativo, para ajudá-los a entender melhor o que você precisa apresentar. Se sua audiência já conhece tudo sobre golfe, você poderá ir direto para as ações que deseja propor.

Comunicar informações sem que estejam conectadas com as necessidades e conhecimento da audiência não desperta interesse nem cria vínculo, pois não há compreensão.

Na aula de Compreensão você irá desenvolver técnicas, práticas e recursos que vão ajudá-lo a deixar o conteúdo de suas apresentações mais compreensível, fácil de ser assimilado e significativo, tanto para você, quanto para o seu público.

Conteúdo programático:

  • Uma nova consciência sobre a forma de comunicar ideias
  • Dados x Informações x Significado
  • Como construir significado em apresentações
  • Como ser claro e objetivo
  • Argumentação x Persuasão x Opinião
  • O briefing ideal

A quem se destina:
Profissionais que constantemente precisam explicar, orientar, convencer, instruir e ensinar.

Autor e instrutor do módulo de Compreensão:
Edmundo Conde, Consultor, facilitador e palestrante nas áreas de Comunicação Verbal, Apresentações em Público e Compreensão. Foi colaborador nos livros “Falar em Público: Prazer ou Ameaça”, “Comunicação sem Medo” e “Falar Bem é Fácil”. Também atua como mestre de cerimônias, animador, mediador e com didatização de conteúdos. Orientou individualmente mais de 200 profissionais e em sua carreira desenvolveu projetos para as seguintes instituições, entre outras: Banco Itaú, Associação dos Funcionários Públicos do Estado de São Paulo, Toyota, Embraer, Febraban, Sindicato dos Bancários, Ministério da Fazenda, Merck Sharp & Dohme e Cervejaria Kaiser.

 Lembre-se: Não basta transmitir informações do jeito que você está acostumado. É preciso tratá-las e adequá-las a cada tipo de público e de cenário, seja para uma ou mil pessoas. Só assim suas apresentações serão eficazes.

Humanize as
apresentações, as
relações e o aprendizado
na sua empresa.

Fale com a gente

Veja também

Qual a diferença entre promover experiência e expor conteúdo?

Promover experiência é a constante resposta, presente nos 12 anos em que venho experimetando as várias formas de ensinar. Cada vez mais, vou me tornando uma defensora das metodologias que colocam o aluno como centro do aprendizado. O contrário disso é o que o educador Paulo Freire chamava de Educação Bancária: aquele tipo de educação que coloca […]

Ler mais

A La Gracia ainda faz apresentações?

Em 2009, nós começamos a fazer apresentações para o mundo corporativo e durante muito tempo nós fizemos isso! E ficamos conhecidos por isso! Quando paramos para ver e relembrar cada projeto, dá um orgulho danado. No mesmo ano, começamos a ensinar tudo o que estávamos aprendendo ao lançar o primeiro Curso de Design de Apresentações […]

Ler mais

Você pode abrir a câmera, por favor?

A fotógrafa Ilana Bessler dá dicas sobre enquadramento, iluminação e construção de imagem para todas as lives, reuniões online e videoconferências que se intensificaram no nosso cotidiano.

Ler mais

Como provocar um líder diretivo a se tornar mais empático e construtivo?

Eu poderia começar esse artigo dando uma resposta simples: use as necessidades do líder como ponto de partida para a transformação. Mas, como colocar isso em prática?

Ler mais

La Gracia News de abril: quando a vida pessoal e profissional se misturam

Com nossa vida pessoal mais misturada do que nunca com a rotina profissional, como ficam nossas relações, nossa comunicação e, mais ainda, nosso estado de espírito?

Ler mais