fbpx

La Gracia Humaniza

conteúdo

Comunicação didática, entendeu?

Ed Conde
@edconde

No mundo corporativo são várias as atividades e ações que podem e precisam passar pelo mesmo processo de “didatização”. Comunicação interna, reuniões, apresentações, treinamentos, atendimentos, comunicações com clientes e materiais de divulgação são apenas alguns exemplos.

Quais são os aspectos e características que podem ser trabalhados e aprimorados para tornar nossa comunicação didática, principalmente no mundo corporativo?

Todos nós, quando precisamos tomar um medicamento, já passamos pela experiência angustiante de tentar ler e entender uma bula, cuja função é oferecer informações sobre a composição do medicamento, contraindicações, uso, etc. Certamente, não é o que chamaríamos de comunicação didática.

“O conteúdo está todo lá, com riqueza de detalhes e não faltam informações sobre o medicamento”

Só que, além de uma lupa, precisamos de um dicionário de termos médicos e científicos para entender alguma coisa, isso quando conseguimos localizar em que parte do material está a dúvida que queremos esclarecer.

Isso começou a mudar. A Anvisa determinou que as bulas devem ser “didatizadas” para o consumidor. E o que isso significa?

Basic CMYK

  • Layout mais atraente
  • Localização imediata das informações
  • Utilização de letras maiores
  • Apresentação do conteúdo em forma de perguntas
  • Adequação de linguagem para públicos leigos
  • Redação mais simples
  • Informação “com sentido” para o consumidor
  • Elaboração de duas bulas: uma para o profissional especializado e outra para o consumidor
  • Contatos para esclarecimentos de dúvidas
  • Uso de imagens e esquemas para facilitar o entendimento

Esses são apenas alguns aspectos e características que podem  ser trabalhados e aprimorados quando se pretende tornar nossa comunicação mas didática em qualquer situação.

 

E no mundo corporativo, quais são as medidas que podemos tomar para uma comunicação mais didática?

No mundo corporativo são várias as atividades e ações que podem e precisam passar pelo mesmo processo de “didatização”: comunicação interna, reuniões, apresentações, treinamentos, instruções, atendimentos, demonstrações, comunicações com clientes, vendas consultivas, materiais de divulgação, etc.

Didatizar informações e comunicações só traz benefícios ao mundo corporativo:

Da mesma maneira que na publicidade cria-se e planeja-se para persuadir, seduzir e influenciar, na comunicação didática cria-se e planeja-se para facilitar a compreensão e a aprendizagem.

Humanize as
apresentações, as
relações e o aprendizado
na sua empresa.

Fale com a gente

Veja também

CEO DISTANTE E INTOCÁVEL? COMO HUMANIZAR A ORGANIZAÇÃO

Já passou da hora de repensar modelos e humanizar a organização. Cada vez mais, vemos publicações de colaboradores nas redes sociais expondo angústias que se transformaram em burnout, depressão, doenças mentais e até mesmo físicas. Ou denunciando o desalinhamento do discurso que o marketing vende lindamente para fora pras práticas aplicadas internamente pelas lideranças, pelo […]

Ler mais

POR UMA LIDERANÇA MAIS INCLUSIVA

Para falar sobre uma liderança mais inclusiva, começo o texto de hoje com uma pergunta: “Por que é tão difícil lidar com o que é diferente de nós?”  Não tenho pretensão de responder, afinal, essa é uma pergunta daquelas bem cabeludas, que exigiria reunir filósofos para uma discussão longa e calorosa, regada a vinho e […]

Ler mais

E quando você precisa de mais do que um tapa na apresentação?

“Dá um tapa na apresentação aí! É simples.” Se eu tivesse contado as vezes que ouvi certas frases nos últimos 13 anos, esse com certeza ganharia de todas. Nossa, quase todo mundo pede apresentação desse jeito. Mas só quem faz apresentação todos os dias sabe que não é tão simples assim. Uma apresentação boa de […]

Ler mais

Qual a diferença entre um slide bonito e um slide com design?

Muito além de criar um slide bonito, recentemente, no artigo “A La Gracia ainda faz apresentações?”, eu disse que a La Gracia nasceu criando conexão por meio de apresentações. E tudo o que a gente foi aprendendo, ao fazer apresentações para presidentes e executivos do corporativo, fomos levando para nossos cursos. E tudo o que […]

Ler mais

Qual a diferença entre promover experiência e expor conteúdo?

Promover experiência é a constante resposta, presente nos 12 anos em que venho experimetando as várias formas de ensinar. Cada vez mais, vou me tornando uma defensora das metodologias que colocam o aluno como centro do aprendizado. O contrário disso é o que o educador Paulo Freire chamava de Educação Bancária: aquele tipo de educação que coloca […]

Ler mais