Palestrante, consultor, facilitador, especialista em didática e compreensão.

Sempre foi um péssimo aluno. Perguntava aos professores para que servia a equação do segundo grau, que diferença havia em dizer “me traga” ou “traga-me” (próclise e ênclise, lembram-se?), e por que deveria saber que o cacau é o principal produto de exportação de Gana!

A repetição, a memorização, a imposição e a frieza nas interações lhe angustiavam e entristeciam. Queria perceber e entender o sentido, o contexto, o propósito, as causas e consequências, a visão sistêmica, as conexões com a sua realidade, a aplicabilidade, a experiência da descoberta. Enfim, sempre quis COMPREENDER.

E é isto o que faz profissionalmente: Ajuda empresas e profissionais a gerar, apresentar e explicar o conhecimento de forma mais interessante, atrativa e efetiva.

Estudou e continua estudando e conectando as áreas de comunicação, roteirização, aprendizagem significativa, cognição, empatia, design thinking, design instrucional e de experiências.

Já orientou individualmente mais de duzentos profissionais e tem provocado algumas mudanças em empresas como Embraer, Basf, Itaú, Febraban, Toyota, Schoot Brasil, La Gracia Design e Johnson & Johnson.

Quer ajuda para se comunicar?
Receba nossas dicas!