fbpx

La Gracia Humaniza

conteúdo

Ops, e agora?

La Gracia Humaniza
@lagracia

A moça, um prodígio, no alto dos seus 22 anos, bonita, esbanjando simpatia, é chamada ao palco para receber um prêmio. Sorridente, ainda um pouco incrédula, ela se dirige lentamente para o local da consagração máxima, lembrando dos passos que a levaram até ali… mas sem prestar atenção aonde estava pisando naquele exato momento e, […]

A moça, um prodígio, no alto dos seus 22 anos, bonita, esbanjando simpatia, é chamada ao palco para receber um prêmio. Sorridente, ainda um pouco incrédula, ela se dirige lentamente para o local da consagração máxima, lembrando dos passos que a levaram até ali… mas sem prestar atenção aonde estava pisando naquele exato momento e, por isso, toma um belo tombo ao subir a escada!

A cena acima é real, bem recente, aconteceu com a Jennifer Lawrence, quando foi anunciada como vencedora do prêmio de melhor atriz no Oscar deste ano. E quem pensa que a moça ficou encabulada, que nada, ela tirou de letra. O que poderia ter sido um momento para ser esquecido, virou mais um motivo de elogios para ela, que não se intimidou, riu de si mesma, soube levar  a situação com naturalidade… lições para qualquer um que pretende ser um bom apresentador.

A regra é clara: imprevistos acontecem. É impossível evitá-los. Por isso, o que importa é a maneira como você lida com eles. Do livro “Falar Bem é Fácil” (AGWM, 2007):

Se um imprevisto ocorrer, relaxe. Você nunca conseguirá ter o controle absoluto dos fatos e imprevistos, ainda mais quando se trata de relações humanas. Um pouco de adrenalina faz parte…

Algumas outras dicas:

Esqueceu algo?
Tudo bem, se você agir naturalmente provavelmente seu público nem vai perceber. Mantenha a calma, respire fundo, faça uma pausa, interaja com o público. Se ainda assim a informação não vier, siga em frente com a apresentação.

Perguntas inconvenientes ou sobre assunto desconhecido?
É sempre bom tentar prever que tipo de perguntas serão feitas e se preparar para elas, mas se surgir algo que você não tinha pensado antes, não se apavore nem aceite provocação, nunca perca de vista o objetivo que você quer alcançar. Anote os dados do interlocutor, diga que vai pesquisar e enviar uma resposta ou indique um especialista no assunto.

Escorregou, caiu?
Faça como a Jennifer Lawrence, levante-se, respire fundo, aja naturalmente, mantenha o bom humor e vá em frente.

Dá próxima vez que algo der errado, lembre-se, acontece! Todos podem errar e imprevistos acontecem, seja em Hollywood ou na sala de reuniões. Claro que isso não uma desculpa para aqueles que adoram dizer que apresentam “de improviso”. Você pode não ter controle sobre o que acontece a sua volta, mas sem dúvida alguma você deve ser dono da sua apresentação e, por consequência, do seu conteúdo. Por isso ensaiar é fundamental, quando você faz isso e tem controle sobre o que vai ser apresentado, é muito mais fácil ter naturalidade, em qualquer situação.

Humanize as
apresentações, as
relações e o aprendizado
na sua empresa.

Fale com a gente

Veja também

CEO DISTANTE E INTOCÁVEL? COMO HUMANIZAR A ORGANIZAÇÃO

Já passou da hora de repensar modelos e humanizar a organização. Cada vez mais, vemos publicações de colaboradores nas redes sociais expondo angústias que se transformaram em burnout, depressão, doenças mentais e até mesmo físicas. Ou denunciando o desalinhamento do discurso que o marketing vende lindamente para fora pras práticas aplicadas internamente pelas lideranças, pelo […]

Ler mais

POR UMA LIDERANÇA MAIS INCLUSIVA

Para falar sobre uma liderança mais inclusiva, começo o texto de hoje com uma pergunta: “Por que é tão difícil lidar com o que é diferente de nós?”  Não tenho pretensão de responder, afinal, essa é uma pergunta daquelas bem cabeludas, que exigiria reunir filósofos para uma discussão longa e calorosa, regada a vinho e […]

Ler mais

E quando você precisa de mais do que um tapa na apresentação?

“Dá um tapa na apresentação aí! É simples.” Se eu tivesse contado as vezes que ouvi certas frases nos últimos 13 anos, esse com certeza ganharia de todas. Nossa, quase todo mundo pede apresentação desse jeito. Mas só quem faz apresentação todos os dias sabe que não é tão simples assim. Uma apresentação boa de […]

Ler mais

Qual a diferença entre um slide bonito e um slide com design?

Muito além de criar um slide bonito, recentemente, no artigo “A La Gracia ainda faz apresentações?”, eu disse que a La Gracia nasceu criando conexão por meio de apresentações. E tudo o que a gente foi aprendendo, ao fazer apresentações para presidentes e executivos do corporativo, fomos levando para nossos cursos. E tudo o que […]

Ler mais

Qual a diferença entre promover experiência e expor conteúdo?

Promover experiência é a constante resposta, presente nos 12 anos em que venho experimetando as várias formas de ensinar. Cada vez mais, vou me tornando uma defensora das metodologias que colocam o aluno como centro do aprendizado. O contrário disso é o que o educador Paulo Freire chamava de Educação Bancária: aquele tipo de educação que coloca […]

Ler mais