O que é

Roteiro e Narrativa

É comum nos aconselharem a planejar muito bem nossos negócios, projetos, produtos, processos e tudo aquilo que envolve nossas metas e sonhos. Por outro lado, raramente falam sobre fazermos o mesmo com nossa comunicação. O problema é que, sem fazer isso, todo o resto fica muito mais difícil, já que é por meio da comunicação que engajamos, convencemos e reunimos as pessoas.

Informação e conhecimento sem design, tratamento, facilitação e comunicação adequados podem se tornar nocivos, maçantes e ineficazes. Na hora de comunicar algo, não basta simplesmente selecionar informações e conteúdos e deixá-los disponíveis, acessíveis ou simplesmente transmiti-los para que, como num passe de mágica, despertem a atenção, construam o conhecimento e sinalizem as ações corretas.

Os conteúdos precisam ser modelados e trabalhados para que a experiência das pessoas com eles seja prazerosa e efetiva. Se forem despejados como uma avalanche repentina e sem forma a chance de processá-los, entendê-los e aplicá-los é mínima.

É comum nos aconselharem a planejar muito bem nossos negócios, projetos, produtos, processos e tudo aquilo que envolve nossas metas e sonhos. Por outro lado, raramente falam sobre fazermos o mesmo com nossa comunicação. O problema é que, sem fazer isso, todo o resto fica muito mais difícil, já que é por meio da comunicação que engajamos, convencemos e reunimos as pessoas.

Informação e conhecimento sem design, tratamento, facilitação e comunicação adequados podem se tornar nocivos, maçantes e ineficazes. Na hora de comunicar algo, não basta simplesmente selecionar informações e conteúdos e deixá-los disponíveis, acessíveis ou simplesmente transmiti-los para que, como num passe de mágica, despertem a atenção, construam o conhecimento e sinalizem as ações corretas.

Os conteúdos precisam ser modelados e trabalhados para que a experiência das pessoas com eles seja prazerosa e efetiva. Se forem despejados como uma avalanche repentina e sem forma a chance de processá-los, entendê-los e aplicá-los é mínima.

Para ajudar os outros a entenderem o que você tem a dizer, evitando ruídos, interpretações equivocadas e, até mesmo, resistência ao seu assunto, é preciso planejar a comunicação. Ou seja, a partir do resultado que esperamos, escolher o que e como contar o que precisamos (uma ideia, solução, produto ou serviço, projeto, etc). Decidimos a forma de organizar e conectar as informações, a ordem em que o conteúdo será apresentado e a linguagem a ser utilizada. Para esse processo damos o nome de roteirização. E para o produto final dele, claro, roteiro ou narrativa.

Por que nos interessamos por Roteiro?

Ao planejar, roteirizar ou construir narrativas para nossa comunicação conseguimos…
null
Organizar nossas ideias para nós e para o outro…
null
Aumentar nosso poder de argumentação e convencimento…
null
Prever possíveis obstáculos na comunicação e nos preparar para eles…
null
Garantir compreensão e engajamento nas ações…

Quer saber mais sobre Narrativa ou Roteiro?

Como usamos Roteiro e Narrativa para ajudar pessoas e empresas a se comunicar melhor?

Oficina de Roteiro e Performance

Juntos, vamos discutir, analisar e vivenciar novas formas de transmitir informações e criar sentido, tanto para quem fala, quanto para quem escuta. Vamos aprender ferramentas e diretrizes de comunicação, aplicá-las em situações reais, trazidas pelos participantes e construir narrativas que gerem conexão verdadeira.

Consultoria

Entendemos como as realidades de quem precisa comunicar e do público se conectam para, então, cocriar uma narrativa para sua comunicação que desperte o interesse, gere compreensão e, principalmente, ação.

Confira nosso conteúdo sobre Narrativa ou Roteiro

Como usar o storytelling para envolver pessoas

“Como usar o storytelling para envolver pessoas” foi publicado originalmente no Brasil Post. Há mais de 15 anos tenho ensinado pessoas como construir e usar roteiros para aumentar a eficiência na comunicação dentro do ambiente corporativo. Recentemente resolvi encarar com meus alunos um dos braços dessa ferramenta: o storytelling, esse tão comentado recurso. Visto por…

Leia mais

Eleições, Escolhas e o Poder das Histórias

Matéria originalmente publica no Brasil Post em 21 de novembro de 2014. Histórias são poderosas. Chavão dito e repetido à exaustão por empresários, palestrantes, políticos, marqueteiros, publicitários, todos compraram essa ideia e querem usar histórias como forma de se relacionar, envolver e engajar. Storytelling está na moda e não é à toa, a história é…

Leia mais

Viva a diversidade!

“Diversidade”. Esta é, definitivamente, uma palavra que podemos associar com o nosso dia a dia na La Gracia, fazendo apresentações. Seja a diversidade de mercados, assuntos, gostos, estilos, linguagens, públicos ou de formas de organizar uma informação no slide (e muito mais). São as nuances que nos ajudam a desvendar o melhor caminho para seguir…

Leia mais

A informação sozinha não transforma

Nós temos a tendência de dizer que se o outro não entendeu algo, o problema está nele. Mas se estamos no papel de “comunicador”, faz parte de nossas responsabilidades ajudar o público e dar forma ao conteúdo, de modo que fique não só mais fácil para ele, como mais interessante, prazeroso e envolvente.

A maneira como apresentamos uma informação pode interferir diretamente na interpretação e no sentimento que o outro vai ter em relação ao assunto. Então, pensar em como vamos dizer algo, muitas vezes, é mais importante do que a própria informação em si. Organizar o conteúdo para que o público entenda o que estamos querendo dizer e perceba o que queremos que ele perceba é fundamental.

Quem já nos contratou

Quer ajuda para se comunicar?
Receba nossas dicas!