O que é

Roteiro e Narrativa

É comum nos aconselharem a planejar muito bem nossos negócios, projetos, produtos, processos e tudo aquilo que envolve nossas metas e sonhos. Por outro lado, raramente falam sobre fazermos o mesmo com nossa comunicação. O problema é que, sem fazer isso, todo o resto fica muito mais difícil, já que é por meio da comunicação que engajamos, convencemos e reunimos as pessoas.

Informação e conhecimento sem design, tratamento, facilitação e comunicação adequados podem se tornar nocivos, maçantes e ineficazes. Na hora de comunicar algo, não basta simplesmente selecionar informações e conteúdos e deixá-los disponíveis, acessíveis ou simplesmente transmiti-los para que, como num passe de mágica, despertem a atenção, construam o conhecimento e sinalizem as ações corretas.

Os conteúdos precisam ser modelados e trabalhados para que a experiência das pessoas com eles seja prazerosa e efetiva. Se forem despejados como uma avalanche repentina e sem forma a chance de processá-los, entendê-los e aplicá-los é mínima.

É comum nos aconselharem a planejar muito bem nossos negócios, projetos, produtos, processos e tudo aquilo que envolve nossas metas e sonhos. Por outro lado, raramente falam sobre fazermos o mesmo com nossa comunicação. O problema é que, sem fazer isso, todo o resto fica muito mais difícil, já que é por meio da comunicação que engajamos, convencemos e reunimos as pessoas.

Informação e conhecimento sem design, tratamento, facilitação e comunicação adequados podem se tornar nocivos, maçantes e ineficazes. Na hora de comunicar algo, não basta simplesmente selecionar informações e conteúdos e deixá-los disponíveis, acessíveis ou simplesmente transmiti-los para que, como num passe de mágica, despertem a atenção, construam o conhecimento e sinalizem as ações corretas.

Os conteúdos precisam ser modelados e trabalhados para que a experiência das pessoas com eles seja prazerosa e efetiva. Se forem despejados como uma avalanche repentina e sem forma a chance de processá-los, entendê-los e aplicá-los é mínima.

Para ajudar os outros a entenderem o que você tem a dizer, evitando ruídos, interpretações equivocadas e, até mesmo, resistência ao seu assunto, é preciso planejar a comunicação. Ou seja, a partir do resultado que esperamos, escolher o que e como contar o que precisamos (uma ideia, solução, produto ou serviço, projeto, etc). Decidimos a forma de organizar e conectar as informações, a ordem em que o conteúdo será apresentado e a linguagem a ser utilizada. Para esse processo damos o nome de roteirização. E para o produto final dele, claro, roteiro ou narrativa.

Por que nos interessamos por Roteiro?

Ao planejar, roteirizar ou construir narrativas para nossa comunicação conseguimos…
null
Organizar nossas ideias para nós e para o outro…
null
Aumentar nosso poder de argumentação e convencimento…
null
Prever possíveis obstáculos na comunicação e nos preparar para eles…
null
Garantir compreensão e engajamento nas ações…

Quer saber mais sobre Narrativa ou Roteiro?

Como usamos Roteiro e Narrativa para ajudar pessoas e empresas a se comunicar melhor?

CURSO COMUNICAÇÃO QUE FAZ SENTIDO

Oficina de Roteiro e Performance

Juntos, vamos discutir, analisar e vivenciar novas formas de transmitir informações e criar sentido, tanto para quem fala, quanto para quem escuta. Vamos aprender ferramentas e diretrizes de comunicação, aplicá-las em situações reais, trazidas pelos participantes e construir narrativas que gerem conexão verdadeira.

Consultoria

Entendemos como as realidades de quem precisa comunicar e do público se conectam para, então, cocriar uma narrativa para sua comunicação que desperte o interesse, gere compreensão e, principalmente, ação.

Confira nosso conteúdo sobre Narrativa ou Roteiro

Nósreka – O despertar para novos insights a partir da cocriação

“Duas cabeças pensam melhor do que uma”. Ou, ainda, várias cabeças pensam melhor do que uma. Poucos se atrevem a contestar o famoso ditame popular. Pelo menos até que as portas de aço e vidro que separam a rua dos ambientes corporativos sejam atravessadas. Lá dentro, ainda que muito se alardeie sobre o “senso de…

Leia mais

Inteligência Artificial: o que você sabe sobre ela e os impactos em seu negócio?

Recentemente, sentei com a Dora Kaufman, hoje uma das maiores pesquisadoras brasileiras sobre “Inteligência Artificial”. No papo, fiquei impressionada com as interferências que já estamos e ainda vamos sofrer nos próximos anos, em nossas vidas e negócios. Eu que trabalho com cocriação, por exemplo, fiquei maravilhada ao saber que em breve vou poder colocar um…

Leia mais

Inteligência de Comunicação centrada em Pessoas

A conexão existe quando a minha realidade começa a entrar na realidade do outro. Você já se sentiu reprimido quando tentou expor sua opinião em uma conversa? Já rejeitou uma ideia porque era complicada demais? Já desistiu de ouvir alguém porque o assunto era longo e chato? Já teve que refazer uma apresentação várias vezes…

Leia mais

3 problemas de comunicação mais comuns no ambiente corporativo

“Lidar com pessoas é muito difícil” “Ser humano é complexo demais” “Somos todos muito diferentes uns dos outros”   Repetimos essas frases muitas vezes ao longo da vida. E por serem afirmações tão verdadeiras é que, na maioria das vezes, enxergar uma situação sob um olhar diferente do que estamos acostumados e entender um mundo…

Leia mais

A transformação por meio do diálogo

Quantas vezes você já teve um projeto encalhado dentro da empresa que simplesmente não anda porque as pessoas não abrem mão de suas opiniões pessoais? Quantos treinamentos você já teve que ficar sentado o dia inteiro, recebendo um monte de teorias sem aplicação no seu dia a dia, transmitidas de um jeito impositivo, diretivo e…

Leia mais

A primeira impressão é a que fica? Tomara que não!

O candidato passou por todas as etapas, com grande destaque: entrevista com o RH, dinâmica, entrevista com o supervisor direto, painel… Durante todo o processo deu respostas inteligentes, mostrou-se resiliente nos momentos de maior dificuldade e apresentou proatividade na resolução de problemas. Todos finalmente estavam de acordo, “encontramos!”. A partir daí tocaram-se os procedimentos padrão:…

Leia mais

A informação sozinha não transforma

Nós temos a tendência de dizer que se o outro não entendeu algo, o problema está nele. Mas se estamos no papel de “comunicador”, faz parte de nossas responsabilidades ajudar o público e dar forma ao conteúdo, de modo que fique não só mais fácil para ele, como mais interessante, prazeroso e envolvente.

A maneira como apresentamos uma informação pode interferir diretamente na interpretação e no sentimento que o outro vai ter em relação ao assunto. Então, pensar em como vamos dizer algo, muitas vezes, é mais importante do que a própria informação em si. Organizar o conteúdo para que o público entenda o que estamos querendo dizer e perceba o que queremos que ele perceba é fundamental.

Quem já nos contratou

Quer ajuda para se comunicar?
Receba nossas dicas!